top of page
  • Foto do escritorPará Comunica

Com Feira, Hospital Regional de Marabá dissemina informações sobre segurança do paciente

Essa foi a 4ª Edição da Feira

Crédito da foto: Comunicação HRSP.

Para fortalecer a cultura da segurança do paciente, o Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), realizou nesta quarta-feira (13), a 4ª Feira dos Protocolos de Segurança.


Promovida nos corredores da unidade, que pertence ao Governo do Pará e é gerenciada pela Pró-Saúde, a Feira disseminou, de forma lúdica, informações sobre as atividades que devem ser adotadas no atendimento ao usuário, desde a sua admissão até a alta médica.

No evento, os visitantes apreciaram exposições ilustrativas sobre a prática e execução dos protocolos, e participaram de jogos educativos sobre higienização das mãos, quiz da segurança do paciente, pescaria cientifica, e blitz da identificação segura.


As ações da feira foram desenvolvidas, pela Comissão de Segurança do Paciente do HRSP, em alusão ao Dia Nacional da Segurança do Paciente (01/04), e ao Dia Mundial da Saúde (07/04), fortalecendo as 6 metas internacionais de segurança.


"Não conhecia as metas internacionais de segurança, fiquei feliz em saber que aqui no Regional de Marabá, elas são aplicadas diariamente, isso traz segurança aos pacientes internados", declarou Marcos Santos, que visitava um familiar e participou das ações.


Segundo o enfermeiro Daniel Henrique, coordenador do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), o evento foi idealizado com o desafio de apresentar de forma didática e criativa, as seis metas de segurança preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), já que além dos colaboradores, envolveu também pacientes e acompanhantes.


"Nosso objetivo com a realização da feira é sensibilizar e intensificar os protocolos que reduzem riscos aos pacientes no âmbito hospitalar, bem como aprimorar cada vez mais a assistência ao usuário", explicou Daniel.


"Os protocolos são essenciais pois permitem a padronização das técnicas e procedimentos realizados pelas equipes do HRSP, em toda a extensão de assistência hospitalar, além de direcionar o trabalho e registrar oficialmente os cuidados executados, seja na resolução ou prevenção de um problema", ressaltou Valdemir Girato, diretor hospitalar do Regional.


As seis metas de segurança recomendadas pela OMS são: Identificação correta do paciente; Comunicação efetiva; Segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos; Cirurgia segura; Higiene das mãos e Prevenção de queda e lesão por pressão.


“A aplicação das metas é essencial para evitar danos aos pacientes. Elas são adotadas por instituições de todo o mundo, como forma de oferecer um atendimento cada vez melhor e mais adequado, garantindo as boas práticas no cuidado assistencial", destacou Rosialdo Lobato, diretor Assistencial do HRSP.


O Hospital Regional do Sudeste do Pará presta atendimento 100% gratuito, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), sendo referência para mais de um milhão de pessoas de 22 municípios no interior do Pará.


Por Assessoria de Imprensa.

Kommentare


bottom of page