• Pará Comunica

"Comunicação não violenta começa quando se decide enxergar todo o cenário", diz especialista

Fernanda Dutra ensina em obra que é preciso cultivar a empatia nas organizações e entender que nem sempre se é o centro da questão


(Crédito da foto: Divulgação)

A comunicação vai muito além das palavras. Entre aquilo que é expressado e o que o outro entende há uma enorme ponte. É o que explica a especialista em comunicação não-violenta Fernanda Dutra, que complementa: “mesmo no silêncio, comportamentos ou atitudes, às vezes, a comunicação não é passada da forma correta”. Fernanda é autora da obra Inovação Não Violenta, publicação da DVS Editora, que promove uma chamada para a construção de inovação por meio da empatia.


Fernanda utiliza a comunicação não violenta para as organizações com o intuito de promover o aumento da capacidade de adaptação e flexibilidade das estruturas comportamentais. A obra oferece o suporte necessário à transição do modelo tradicional e linear predominante nas corporações com um novo paradigma, por isso a inovação, para que as organizações se tornem mais empáticas.


A autora utiliza o método criado pelo psicólogo americano Marshall Bertram Rosenberg. Em seus estudos, Rosenberg concluiu que todas as pessoas tem algum tipo de violência. A boa notícia é que o comportamento compassivo natural também está presente nas personalidades. A partir dessa conclusão, ele criou a comunicação não violenta. Na avaliação da autora, o ponto de virada para adotar esta forma de diálogo é enxergar o cenário como um todo e compreender que nem sempre se é o centro da questão.

Uma confusão comum entre as pessoas é cogitar que as técnicas de comunicação não violenta se restringem a conversar de forma gentil e delicada. Não se resume, porém, à entonação da fala. “Ela nos permite ir além dos filtros e entendimentos na comunicação e perceber que muitas das coisas que recebo como expressão da outra pessoa são, na verdade, interpretações minhas baseadas no que acredito e vejo no mundo”, distingue.


Ficha técnica Título: Inovação Não Violenta Subtítulo: descubra como a comunicação sistêmica e a empatia circular podem impactar organizações Autora: Fernanda Dutra Editora: DVS Editora ISBN: ‎ 978-6556950174 Tamanho: 22x15 cm Páginas: 232 Preço: R$ 69 Onde encontrar: Amazon


Sobre a autora: Fernanda Dutra é especialista em comunicação e humanização organizacional, atua com a comunicação não violenta na inovação, liderança e desenvolvimento humano. É sócia-diretora da Flyflow, palestrante, mentora, coach, professora universitária, escritora e artista plástica. Formada em administração de empresas pela Unip e artes plásticas pela EPA, pós-graduada em gestão estratégica de pessoas e em marketing pelo Mackenzie, em gamification pela University of Pennsylvania e pós-graduada em transdisciplinaridade pela Unipaz. Autora do livro O Efeito Melão e coautora do livro PNL & Coaching. Acumula experiência em congressos, convenções e trabalhos no exterior.

Redes Sociais:

Instagram: @fernandadutra.cnv


Por Assessoria de Imprensa