top of page
  • Foto do escritorPará Comunica

Conheça o procedimento estético que recupera a queda capilar

A mesoterapia oferece qualidade de vida para quem sofre com alopecia



Crédito da foto: Freepik

A preocupação com a queda de cabelo ao longo da vida não parece ser algo infundado. Segundo dados da SBC (Sociedade Brasileira do Cabelo), mais de 42 milhões de brasileiros são afetados pela alopecia, condição em que ocorre perda de cabelo.


O couro cabeludo contém aproximadamente 130 mil fios de cabelo, e em casos comuns, perder 100 fios ao dia já é preocupante. No entanto, se a reposição das madeixas não está sendo feita de forma equivalente, a bandeira vermelha levanta o alerta para a gravidade e chama atenção para o problema.


Para quem busca por tratamento contra a queda de cabelo, a esteticista dermaticista, Patrícia Elias, que comanda uma clínica de estética que leva seu nome, afirma que o óleo essencial de hortelã-pimenta aparece como um herói natural. A planta origina-se do cruzamento de dois tipos de hortelã, além de ser fungicida, analgésico e anti-inflamatório.


“O óleo essencial de hortelã-pimenta atravessa a primeira camada da pele e atinge os calibres dos vasos melhorando a circulação sanguínea”, explica a especialista. “Ao chegar na raiz do cabelo, a ação deste produto estimula a fase anágena, conhecida por ser a fase que desenvolve os folículos capilares e estimula o crescimento de fios mais novos e espessos”.


Patrícia ressalta que para casos crônicos, a mesoterapia é um dos maiores aliados para quem sofre com a queda de cabelo. O procedimento consiste em aplicações de enzimas ou medicações – minoxidil, pantenol, finasterida, biotina e silício – na camada média da pele. Cada caso específico requer um tratamento local para estimular o crescimento dos fios.


“Como a medicação age diretamente na camada da pele em que fica o bulbo capilar, o resultado do procedimento acaba sendo mais positivo do que tratamentos isolados. Um dos principais benefícios é que o efeito rebote de tratamentos orais”, ressalta Patrícia. “A quantidade de sessões varia de acordo com a causa e o caso clínico de cada paciente. Converse com o profissional para entender o seu pós-tratamento”, finaliza.



Patrícia Elias é bacharel em Estética e Cosmetologia e pós-graduada em Dermaticista pela Faculdade IBECO. Especialista em tratamento de melasma, hipercromias, flacidez cutânea, saúde da pele, entre outras áreas, Patrícia é sócia fundadora da Clínica de Estética Patrícia Elias e comanda o canal no YouTube voltado para este ramo com mais de 6,7 milhões de inscritos. O sucesso na internet aconteceu pelo desejo que ela tinha de levar as informações verdadeiras e seguras para as pessoas que procuram por cuidados da pele.


Mais informações: https://patriciaelias.com.br/

YouTube: Patrícia Elias

Instagram: @esteticapatriciaelias



Por assessoria de imprensa.

bottom of page