top of page
  • Foto do escritorPará Comunica

"ESCUTE: A TERRA FOI RASGADA", DE CASSANDRA MELLO E FRED RAHAL MAURO, GANHA SESSÃO ESPECIAL

O filme faz parte da programação da 12ª Mostra Ecofalante de Cinema e ficará disponível na Spcine Play por 48h.


Crédito da foto: Assessoria de imprensa

O documentário "Escute: A Terra foi Rasgada", de Cassandra Mello e Fred Rahal Mauro, ficará disponível na plataforma Spcine Play por 48 horas - a partir das 18h desta terça-feira (06/06) até às 18h da quinta-feira (08/06), durante as mobilizações por todo o país pelo #MarcoTemporalNão.


O filme, que faz parte da programação da 12ª Mostra Ecofalante de Cinema, propõe uma aproximação do pensamento de três povos indígenas - Yanomami, Munduruku e Mebêngôkre (Kayapó) - que pressionados pela destruição causada pelo garimpo, formaram uma aliança inédita e histórica em defesa e manutenção de seus territórios físicos e subjetivos. Para além da destruição causada pelo garimpo, este é um filme sobre resistência e resiliência, e a impossibilidade de separação entre a existência indígena e o seu território.


Para assistir ao filme, basta acessar a Spcine Play através do link https://spcineplay.eitvcloud.com/pages/56-escute-a-terra-foi-rasgada. Caso não tenha uma conta na plataforma, basta criar um cadastro gratuito, confirmar seu e-mail e acessar o link novamente.


A 12° Mostra Ecofalante de Cinema acontece até 14 de junho, em São Paulo, no Espaço Itaú Augusta, Cine Olido, Centro Cultural São Paulo e mais 20 espaços da cidade, com entrada gratuita.





#MarcoTemporalNão


Em Brasília (DF), a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (@ApibOficial) espera reunir mais de 2 mil pessoas para acompanhar o julgamento do ‘marco temporal’, que deve acontecer no Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 7 de junho e pode decidir o futuro das demarcações de Terras Indígenas no país.



A tese do “marco temporal” é defendida por ruralistas e prevê que os povos indígenas só teriam direito às terras onde estivessem fisicamente até 5 de outubro de 1988, data de promulgação da Constituição. Mas o direito indígena é originário! #MarcoTemporalNão!




Serviço:


12ª Mostra Ecofalante de Cinema


www.ecofalante.org.br


de 1 a 14 de junho de 2023


gratuito





Sinopse


“Escute: A Terra Foi Rasgada” - Cassandra Mello & Fred Rahal Mauro (Brasil, 2023, 88’)


A partir do universo de três povos indígenas pressionados pela destruição causada pelo garimpo, o filme propõe uma aproximação do pensamento dos Yanomami, Munduruku e Mebêngôkre (Kayapó), na formação de uma aliança histórica em defesa dos territórios. É, portanto, uma narrativa sobre resistência e resiliência, na figura de uma união inédita que firma a manutenção de seus territórios físicos e subjetivos. Para além da destruição causada pelo garimpo, este é um filme sobre a impossibilidade de separação entre a existência indígena e o seu território.




Por assessoria de imprensa

bottom of page