top of page
  • Foto do escritorPará Comunica

Faculdade Faci Wyden realiza primeira edição do Congresso Liga de Projetos Arquitetônicos (ProJArq)

A programação reunirá especialistas, estudantes e interessados em arquitetura e temas relacionados à área

Trazer um olhar atualizado sobre arquitetura, design e engenharia é o principal objetivo do I Congresso, da Faculdade Faci Wyden. Com início programado para a próxima terça-feira (26), o evento reúne profissionais e docentes das áreas para minicursos, palestras e discussões sobre questões pertinentes sobre espaço e bem-estar. As inscrições podem ser realizadas pelo site https://tinyurl.com/zf5hw7vr.


Para Simone Lima, professora e coordenadora da Liga ProJArq, a ideia principal é fazer com que os alunos da Faci Wyden e outras instituições de ensino, bem como discentes de outras graduações, tenham oportunidades de perceber um cenário profissional dentro do contexto da pandemia.


“Nós planejamos esse momento de compartilhamento de saberes pelo fato da arquitetura não ser unilateral. Ela abraça outros caminhos. Por essa razão, não é nenhuma surpresa abordarmos desde as questões sobre legalização de obras até casas sustentáveis e acessíveis”, explica Simone, que também é responsável pelo escritório modelo de arquitetura e design da instituição.


Sendo um evento integrante do plano de ações do escritório modelo da Faci Wyden, a docente Simone Lima destaca a importância da iniciativa para os estudantes paraenses. “O escritório modelo tem justamente este objetivo de trazer oportunidades maiores aos alunos, capacitando-os para o mercado de trabalho. Esse congresso é mais uma maneira de desenvolvê-los e prepará-los profissionalmente. A partir destas atividades institucionais, muitos já conseguiram estágios e foram até contratados em escritórios de arquitetura, o que ressalta a necessidade da participação de todos”, afirma.


No primeiro dia, o congresso começa a partir das 10h com um minicurso sobre produção de maquete física residencial. Haverão também palestras que debaterão arquitetura hospitalar, gerenciamento de escritórios e o direito da moradia a todos. Já nos dias seguintes, outras atividades trarão debates em torno das percepções acerca de cidades; patrimônios históricos e pertencimentos; mudanças climáticas e impactos nas habitações amazônicas. Sem contar nos cursos rápidos de desenhos de layout, fotografia, desenho a mão livre, sketch e painéis semânticos para a criação de projetos.


O evento será realizado de forma híbrida, com reprodução em tempo real das atividades pela internet. O valor das inscrições varia de acordo com a escolha dos participantes. Para aqueles que optarem pelo formato presencial, a instituição ressalta que todas as medidas de segurança estão sendo cumpridas à risca e é obrigatório o uso de máscaras e respeito ao distanciamento. Simultaneamente ao público estudantil e especialistas da área, a comunidade externa também é livre para participar da programação.


Por Giullia Moreira (Assessoria de Imprensa).


Comments


bottom of page