• Pará Comunica

Hospital Regional de Marabá dá sete dicas simples para cuidar da pele no verão

As dicas ajudam nos cuidados com a saúde

Crédito da foto: Divulgação.

Para aproveitar o sol e as praias de forma consciente durante o verão amazônico, o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, alerta sobre os cuidados necessários com a pele diante da exposição excessiva aos raios ultravioletas. 


Nesta época do ano, marcada pelas férias escolares, o movimento nas praias, piscinas e rios aumenta consideravelmente. Nessas situações, as pessoas ficam com o corpo mais exposto – e por mais tempo – ao sol, por isso, é essencial tomar alguns cuidados.  O médico Alexandre Rocha, diretor Técnico do HRSP, ressalta que neste período os cuidados com a pele devem ser redobrados, para evitar problemas de saúde, como a desidratação, queimaduras, envelhecimento precoce e aumento do risco de câncer de pele. 


De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Ainda segundo o órgão, a exposição solar excessiva é o principal fator de risco para a doença, que registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos.  “Os cuidados com a pele são essenciais e vão desde usar o protetor solar corretamente e pegar sol nos horários mais amenos, até ingerir bastante água para manter-se hidratado”, destaca o médico. 


O profissional explica ainda que existem dois tipos de raios ultravioletas que afetam a pele: o UVA e o UVB.  Os raios UVA, que responde por cerca de 95% da radiação emitida pelo sol, são os mais preocupantes para a saúde, pois estão presentes todos os dias e atingem camadas profundas da pele.  Já o UVB, é comum nas estações mais quentes, como o verão, e atinge camadas superficiais da pele, causando vermelhidão e queimaduras. “A diferença entre eles está, principalmente, na profundidade dos danos causados por cada um na pele”, complementa o profissional. 


O Hospital Regional do Sudeste do Pará, unidade que pertence ao Governo do Pará e é gerenciada pelo Pró-Saúde, presta atendimento 100% gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde), sendo referência para mais de 1 milhão de pessoas em 22 municípios.  


Confira sete dicas importante dos cuidados com a pele nesse verão:  


Mantenha a pele limpa e hidratada


O excesso de areia, suor e químicos presentes nas piscinas, ressecam a pele e favorecem a ocorrência de fissuras, por onde entram microrganismos que podem causar doenças de pele como micose, frieira e infecções de pele. Por isso, é importante tomar uma ducha de água fria para tirar o acúmulo de sujeira ao final do banho de mar, rio ou piscina. 


Use protetor solar corretamente


No verão, o uso do protetor solar é fundamental. Sua aplicação deve ser feita de 20 a 30 minutos antes de colocar a pele em contato com os raios solares. É necessário renovar a proteção, com aplicações de três em três horas, principalmente em ambientes como praias e piscinas.  


Tome bastante líquido 


Um problema comum nos períodos mais quentes do ano é a desidratação, que pode provocar dor de cabeça, tontura, desmaios, entre outras intercorrências. O ideal é consumir de dois a três litros de líquidos por dia, para manter o corpo hidratado.  


Use acessórios 


Para proteger o rosto do sol, invista em bonés e chapéus. Também procure usar roupas de algodão na hora das atividades ao ar livre. Por ser de origem vegetal, o tecido protege a pele da radiação ultravioleta de forma mais eficaz que os tecidos sintéticos. 


Evite pegar sol logo depois de se depilar 


Depilar o corpo ou o rosto pouco antes de ir à praia ou à piscina é um erro grave, pois pode provocar o surgimento de manchas escuras na pele. O ideal é que a depilação seja realizada com, pelo menos, 72 horas de antecedência.  


Cuidado com a exposição direta ao sol


As maiores temperaturas do dia são registradas entre as 10h e 15h. Neste intervalo, é preciso ter cuidado com a exposição solar direta. O ideal é ficar protegido em locais cobertos como quiosques, bares ou mesmo os guarda-sóis, o que evita também quadros de insolação.  


Evite água quente 


Banhos muito quentes e demorados podem ser bastante prejudiciais à hidratação natural da pele. A camada de gordura superficial é retirada, reduzindo a proteção da pele. Por conta disso, dê sempre preferência a água de morna a fria. 



Por Assessoria de Imprensa