top of page
  • Foto do escritorPará Comunica

Copa do Brasil passa a Champions League se torna o torneio preferido dos brasileiros, diz Google

A informação é de levantamento feito pela casa de apostas Mr.Jack via plataforma Semrush


Crédito da foto: Mr.Jack.bet

O futebol é uma paixão nacional! Todos os anos milhares de torcedores vão aos estádios, compram camisas dos seus times de coração e assistem aos jogos dos mais variados times, nas mais diversas competições. No entanto, de acordo com uma pesquisa, os brasileiros têm um torneio preferido: a Copa do Brasil. Por mês, mais de 7 milhões de internautas fazem pesquisas sobre campeonato;


A informação é de um levantamento feito pela casa de apostas esportivas Mr. Jack.bet via plataforma Semrush, de análise de Search Engine Optimization (SEO). A ideia foi entender o comportamento dos torcedores no Google e qual competição eles mais gostam de acompanhar.



De acordo com o estudo, em segundo lugar aparece o Campeonato Brasileiro (com 6,1 milhões de buscas mensais), a Copa Libertadores da América (com 4,1 milhões) e a Champions League (considerada uma referência de bom futebol pelos principais analistas do país), com 2 milhões e 200 mil buscas mensais. Em última posição vem a Copa do Nordeste, com 550 mil buscas por mês no Google.



Jogos de mata-mata e premiações milionárias são os diferenciais



A Copa do Brasil está na sua 35° edição e, para o jornalista esportivo Paulo Daniel, o principal motivo do seu sucesso entre os brasileiros está no formato de jogos mata-mata.



“Está em seu DNA [a paixão por jogos mata-mata]. Os campeonatos no formato Copa aumentam a emoção das partidas, tornam todos os jogos decisivos para os clubes, do primeiro ao último. É sinônimo de estádio lotado, de torcida e, claro, de muitos milhões para os clubes que vão avançando de fase”, comentou.



De acordo com informações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o campeão da Copa do Brasil receberá a bagatela de R$ 70 milhões de reais só por ter vencido o torneio, enquanto o seu vice ganha um total de R$ 30 milhões. As quantidades representam um aumento de 17% no valor pago àqueles que alcançaram estas posições no ano passado.



Além disso, conforme o time vai avançando de fase ele também vai recebendo cifras milionárias, que variam de R$750.000,00 (para quem passa da primeira fase), R$900 mil na segunda fase, R$2.100.000,00 na terceira e assim vai até os R$9.000.000,00 para os que chegarem até a semifinal, como mostra imagem divulgada pela própria CBF. Ao todo, o time que passar por todas as etapas pode faturar até R$ 91,8 milhões.


Por outro lado, no Campeonato Brasileiro, a premiação é dada apenas ao final do torneio e, em 2023, será de, no máximo, R$45 milhões (valor com base no valor pago ao Palmeiras pelo título de 2022), um pouco mais da metade do que paga a competição mata-mata.



De acordo com Gabriel Mello, torcedor do Flamengo, essa questão financeira e o calendário longo deixam o torcedor desmotivado para jogar o Brasileirão. “Quando você corre atrás de 3 pontos, você não vai estar dando tudo de si e, nos pontos corridos, se você não conseguir pontuar agora, vai ter a oportunidade de conseguir esses 3 pontos na próxima rodada”. De acordo com Mello, por isso que a Copa do Brasil é visada, por não dar essa chance para recuperações futuras e uma quantidade considerável de dinheiro não é arrecadada.



“Mudanças tornaram o torneio mais saboroso", diz torcedor



Em entrevista, Frederico Matias, torcedor do Corinthians, conta que um dos motivos do torneio ter ficado tão interessante está nas mudanças que passou nos últimos tempos. A principal delas está na entrada dos times que também estão disputando a Copa Libertadores da América.



Vale lembrar que, entre as edições dos anos de 2001 até 2012, os clubes que participavam da Libertadores, como o torneio é chamado popularmente, não poderiam jogar a Copa do Brasil. O motivo era porque não poderia haver conflito de agenda com a competição continental.



Por conta disso, Frederico diz que costuma brincar dizendo que naquela época, “eram só ‘as sobras’ do futebol brasileiro que jogavam”. De acordo com ele, com a chegada das equipes que disputam o maior campeonato do continente, “a Copa do Brasil ficou mais forte, difícil de conquistar, e até mais saborosa. Ganhar um título fácil não tem tanta graça do que ganhar um título difícil, né? hahaha”, diz o torcedor, fazendo alusão ao título do torneio que o Corinthians conquistou em 2009.



Quem vai ficar com o título de 2023?


De acordo com o jornalista esportivo Paulo Daniel, o Palmeiras tem grandes chances de ser o Campeão da Copa do Brasil, ao lado do Flamengo. Isso por conta do elenco que esses dois times têm. No entanto, ainda é momento de dúvidas. “Acredito que dependerá muito do foco que cada clube dará à competição. Hoje, apontaria o vencedor de Cruzeiro x Grêmio como um favorito, pois são os dois clubes com maior tradição nesta competição”.



Para José Augusto Bastos, torcedor do Botafogo, líder Brasileirão e do grupo A da Copa Sul-Americana, o time tinha totais condições de avançar na competição, mas não foi dessa vez. "O time estava bem organizado, confiante e ia decidir em casa, né? O Botafogo tinha que superar uma diferença de 2 gols, não é toda hora que consegue isso, empatou e perdeu por 4X2 nos pênaltis”, comentou, falando sobre a derrota para o Athletico Paranaense na noite de ontem.



Por outro lado, após a vitória de ontem em cima do Atlético-MG nos pênaltis, e dos resultados das últimas partidas, Frederico Matias acredita até em um possível título da Competição. “Há cerca de um mês, se você perguntasse para um corinthiano o que é vitória ele vai falar que é uma amiga ou uma namorada, porque o time não ganhava”.



Hoje tem FLA X FLU e São Paulo X Sport Recife



Para o jornalista esportivo Paulo Daniel, tendo em vista o momento em que vivem, Fluminense e o São Paulo também são postulantes ao título. Os dois entram em campo hoje, contra Flamengo e Sport Recife, respectivamente.



Em entrevista, Carolina Peres, torcedora do São Paulo, diz que é um momento de inquietação. “A gente vem de um processo em que começamos bem o campeonato, aí na metade dele alguma coisa acontece e aí acaba que não dá tão bom quanto poderia dar. Eu estou mais confiante agora com a contratação do Pato e desejo profundamente que a gente seja campeão da Copa do Brasil. Mas esse é o meu desejo, a realidade é outra“, comentou.


“Eu fico um pouco insegura porque o Fluminense estava com ótimos resultados, mas agora vem perdendo. Mas eu acredito que a gente tem chances de ganhar porque o Flamengo também não está num bom momento agora com essa troca de técnico. Talvez a gente consiga usufruir disso para se sobressair”, diz Larissa Gabrielle, torcedora do tricolor das Laranjeiras.



Do lado do Flamengo, Gabriel Mello conta que o clube precisa dessa vitória, tanto porque é contra o Fluminense, seu rival histórico, como também por acreditar que ela pode dar uma guinada na equipe. “É momento de dar a volta por cima e esse jogo é muito importante por isso. O time tem condições de se manter vivo na Copa do Brasil e há uma caminho mais direto, mais claro até o título”, diz.. Que vença o melhor!





Por assessoria de imprensa

Comments


bottom of page